Resenha histórica

Os referidos professores mantiveram-se à frente da escola até final de 2012, altura em que se procedeu a uma profunda reestruturação. A secção de dança assumiu uma gestão autónoma dentro do clube, e os professores deram lugar à dupla Edgar Branco e Milene Matias, pontualmente coadjuvados por André Branco.

Alguns dançarinos de topo dentro do clube tiraram o curso de treinadores facultado pela FPDD, e criou-se assim uma estrutura alargada de ensino, que tem no topo os professores coordenadores, e depois, em cascata, um conjunto de professores agregados e monitores que colaboram na instrução dos mais jovens e inexperientes.

Em 2013, a até então Secção de Dança do HCT, assumiu a nova designação, consentânea com a forma de integração no clube que se verifica, aproveitando para uma modernização da imagem, mas mantendo as rotinas de trabalho vigentes.

Em 2017 cessou a ligação aos anteriores professores, passando a direcção técnica da Academia a ser assumida pelo professor Paulo Paulino.

No final de 2018 a escola sofreu uma profunda reestruturação, quando o professor Paulo Paulino decidiu concentrar em Turquel a representatividade da maioria dos seus alunos, passando a designar-se HCT Dance Academy e assumindo uma nova imagem gráfica.

A partir de 2019 passaram a representar o HCT dançarinos em preparação noutros polos de formação coordenados pelo mesmo professor, nomeadamente no Porto e no Cartaxo. 

Professores e colaboradores eventuais